Bitcoin não é smooth jazz

Já ouviram aquela expressão "the writing is on the wall"? (Se viveu a década de 90 com certeza sim)

A origem é uma passagem bíblica do livro de Daniel conhecida como "festim de Baltazar".

Resumidamente, o rei Baltazar deu uma festa para seus mil nobres, começaram a beber vinho e no calor da balada o rei lembra que seu pai Nabucodonosor tinha uns vasos de prata e ouro que saquearam de um templo e manda trazer pro pessoal beber neles, a galera se empolga e começa a cantar um funk-ostentação louvando os deuses de ouro e prata, bronze, ferro, madeira e pedra.

Nessas aparece uma mão sem corpo, estilo família adams e começa a escrever na parede. Imagine o cagaço.

http://www.nationalgallery.org.uk/paintings/rembrandt-belshazzars-feast

Após ter se borrado, o rei tenta trazer várias pessoas para decifrar a mensagem sem sucesso (oferecendo como recompensa, uns colares de ouro, um pano chique e o terceiro maior cargo do governo) até que a esposa do Baltazar manda ele chamar Daniel, que entende dessas coisas.

Daniel chega e percebe que o grafite forma palavras sem vogais, preenche as lacunas e dá a notícia pro rei: "Deus te pesou e decidiu acabar com esta brincadeira, seu reino vai ser dividido e entregue aos medos e persas". O rei paga o prometido, e morre na mesma noite.

Tente imaginar como era esse Daniel, o cara foi contratado para explicar pro rei o que está acontecendo, vai no palácio e não liga de fazer o serviço, explica na lata. Os mil nobres lá da festa talvez esperando que o cara fosse pegar leve, dar uma douradinha na pílula, amenizar a situação e tal… chega o homem dando uma voadora com os dois pés!

Assistam este vídeo: https://www.youtube.com/watch?v=_0mykANOMGQ

Não é demais? Reparem no patrocinador e nos parceiros do evento do vídeo acima.

Bancos, venture capitalists e startups estão tentando higienizar a reputação de "dinheiro de nerd, libertarians, anarquistas e drogados" do bitcoin e promovendo a idéia limpinha de "blockchain technologies", blockchains centralizadas, privadas e com dono. Tocam um smooth jazz maneiro e fácil de agradar, mas o escrito está lá na parede, feito por uma mão sem dono durante a crise de 2008.

Chamaram o Antonopoulos para dizer o que significa o pixo e ele disse sem meias palavras. Sou fã deste cabra.

Fabricio Campos Zuardi

Read more posts by this author.

Subscribe to Egoísmo duplicado

Get the latest posts delivered right to your inbox.

or subscribe via RSS with Feedly!