Ghost 0.5

E já que eu tive que abrir a tela de admin/edição para escrever aquela resolução sobre a frequencia de updates deste blog, eis que vejo um aviso de que havia uma atualização do Ghotst, que é a plataforma que eu uso para ele. Por sorte eu já tinha um guia de como atualizar o (meu) Ghost na manga, o que causou menos preguiça de fazer o processo, que foi bem rápido e indolor.

Uma vez atualizado, notei apenas uma mudança no template padrão (perdi aquele cinza bonito do cabeçalho) e mais nada, como senti a falta de um Changelog melhor, fui até o blog deles para saber em detalhes o que mudou.

O que há de novo no Ghost 0.5

Mudanças

O post linkado acima é bem completo, e eu recomendo ler ele mesmo para saber o que mudou direto da fonte, mas de qualquer forma, aqui vai um resumo:

  • Suporte a múltiplos autores
    • Um blog agora pode ser mantido por mais de uma pessoa, e cada um tem sua pagininha de perfil e mini-bio ao final de cada post.
    • Quase inúlti para um blog pessoal, mas se alguém quiser fazer participações especiais aqui, contribuir com uma coluna ou um "post convidado" dê um toque que eu crio novos usuários/autores
    • Espero que não seja a porta de entrada para o "Wordpressizamento" do Ghost, cuja proposta era ser uma plataforma de blog boa para quem escreve (ao invés de um CMS completo)
  • API pública
    • não fucei ainda, mas em teoria isto facilitaria a criação de outros clientes, apps e interfaces para interagir com o blog. Esta API disponibiliza todas as funcionalidades:

      Because Ghost is a self-consuming JSON API, every single feature which is in Ghost is available to 3rd party developers. Not just a subset; Everything.

  • Powered by Ember.js

    • a reestruturação do código da plataforma para ser uma aplicação feita no framework Ember em tese deixa o software mais organizado e facilita a manutenção e contribuição. Eu tenho boa simpatia pelo Ember, então gostei da notícia, mas é algo que afeta pouco o usuário.
  • melhorias na versão móvel
  • ciclo de releases menor
    • a cada 2 a 4 semanas, ao invés de 3 por ano

Fabricio Campos Zuardi

Read more posts by this author.

Subscribe to Egoísmo duplicado

Get the latest posts delivered right to your inbox.

or subscribe via RSS with Feedly!